Ana Pagará reconduzida à frente do Mosteiro

Ana Pagará foi reconduzida nas funções de diretora do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, em regime de substituição.

Segundo o despacho publicado em Diário da República, a dirigente assume nova comissão de serviço "com efeitos a 23 de março de 2018 e até à designação de novo titular na sequência de procedimento concursal de seleção".

Técnica superior na Câmara de Mafra, Ana Pagará chegou a Alcobaça em março de 2015, após um processo polémico e que foi alvo de contestação do anterior diretor, o alcobacense Jorge Pereira de Sampaio.

Nos últimos três anos, foi responsável, entre outras medidas destacadas pela tutela, pela elaboração do Plano Diretor do Mosteiro de Alcobaça e pela criação e implementação da estratégia de gestão cultural do Mosteiro de Alcobaça. Foi também com a historiadora à frente do monumento que Alcobaça regressou à Carta Europeia de Abadias e Sítios Cistercienses.

A primeira comissão de serviço de Ana Pagará ficou marcada pelas polémicas sucessivas com a Paróquia de Alcobaça e que estiveram, de resto, na origem de uma petição pública que solicitava à Direção-Geral do Património Cultural a exoneração da diretora.