Check-in
Spots de verão com vista para o mar
Bernardo Dias

Quem é que não gosta de beber uma imperial fresquinha com vista para o mar ou desfrutar de uns petiscos ao som de uma boa música? O verão está a acabar, mas ainda pode aproveitar os “spots” da região mais falados dos últimos meses

31 Agosto, 2018

Spots de verão com vista para o mar

Créditos da Fotografia

Créditos da Fotografia

Vista para o mar e pés na areia são sempre boas opções para quem gosta de aproveitar o verão. Se houver uma esplanada porreira, com uns petiscos e umas bebidas frescas, tanto melhor.

O Bar da Légua abriu portas no ano passado, depois de três amigos alcobacenses – André Barata, Miguel Barata e Francisco Serrenho – decidirem aproveitar o antigo bar daquela praia e reabri-lo exclusivamente durante a época balnear. A ideia surgiu quando os três jovens foram passear à praia da Légua “em meados de maio de 2017” e viram ali “muito potencial que não estava a ser aproveitado”, explica André Barata. Falaram com o proprietário do espaço, o “Ti Abílio”, que além de se mostrar disponível também acabou por ajudar a concretizar o projeto.

Os amigos remodelaram o espaço, fizeram uma esplanada na areia e até montaram uma rede de voleibol. Este ano, renovaram novamente o bar – colocaram relva sintética no espaço coberto, paletes nas paredes e chapéus de palha. Os clientes agradecem e são cada vez mais: “Antes de remodelar o bar a praia tinha cerca de 50 banhistas por dia, agora calculamos que tenha uma média de 500 por dia e na época alta chegam a ser contabilizadas 1500 pessoas”, garante um dos sócios. O bar funciona durante a semana desde as 10 da manhã até à uma do dia seguinte. No fim de semana a noite prolonga-se até às 4 da manhã.

Nas esplanadas, pode-se beber uma imperial sem ter de pagar mais de 1 euro, e segundo os patrões “é o que tem mais saída”. Depois são “os caracóis e as tostas” que saem mais. Além disto, e como um bar da praia que se preze, gelados também não faltam. 

A praia é frequentada por bastantes alunos de escolas de surf e atletas da modalidade e, por isso, no Bar da Légua também é possível alugar pranchas de surf. E não é preciso preocupar-se muito com o mar, uma vez que a praia é vigiada por dois nadadores salvadores todos os dias. Fica ainda a dica de que não há rede naquela praia. O que significa que garantidamente terá um dia de praia “à antiga”, a conversar com os amigos e com a família, sem estar pregado ao telemóvel.

A poucos quilómetros, já no concelho vizinho, mais propriamente no Sítio da Nazaré há também uma coqueluche de verão, esta com vista para a Praia do Norte.

O Zulla Terrace Bar, que também abriu no passado verão, surgiu com o conceito de servir “comida saudável e fresca num espaço aleado ao Zulla Nazaré Surf Village” explica Teresa Almeida, que gere o "aldeamento" com a amiga Ana Adão.  

Salta à vista a caravana azul “estacionada” num espaço acolhedor, com várias mesas e puffs onde os clientes podem almoçar, lanchar e passar um bom final de tarde a ouvir um dos dj’s ou bandas que lá atuam frequentemente. Sobre a caravana, que serve de cozinha e apoio ao bar, a bodyboarder conta à Bússola que a compraram “toda velha” e a restauraram a seu gosto.

Quanto à ementa, a escolha é variada, mas sempre saudável. Há saladas, wraps, açai bowls ou deliciosas brushetas que podem ser acompanhadas com um mojito, um sumo natural ou um smoothie. "Há dias que saem muito mais comidas e outros muito mais bebidas, todos os dias são diferentes”, conta a atleta da Praia do Norte, natural do Vimeiro.

Apesar de o Zulla Nazaré Surf Village, que inclui uma escola de surf, um alojamento com várias tipologias de quartos e o Terrace bar, ser exclusivo a clientes, o terraço "é aberto ao público”, pelo que este spot recebe “toda a gente” e não apenas os hóspedes dos quartos, salvaguarda Teresa Almeida. O Zulla Terrace Bar está aberto apenas de maio a outubro, das 12 horas às 20 horas. Sugerimos que vá ao final da tarde para apanhar aquele por do sol, digno de instagram. Com sorte, ainda pode fazer uma selfie com a nossa campeã do mundo de bodyboard.

Ficam duas sugestões para terminar este verão da melhor forma, mas apresse-se... senão, só para o ano.

Veja também

30 Novembro, 2018
Árvores gigantescas, iluminações que nos fazem sonhar, pistas de gelo para deslizar, presépios de todos os tamanhos e feitios, muita música e até yoga natalício! Definitivamente, não faltam opções...
26 Outubro, 2018
Concertos, gastronomia, workshops ou um retiro de outono - eis alguns programas aqui bem perto que prometem aquecer-lhe a alma e tornar esta temporada menos cinzenta.   Jazz de outono...
12 Outubro, 2018
Se na Nazaré já começou a contar o período de espera para a etapa portuguesa do Mundial de Ondas Grandes da WSL (World Surf League), que se estende até ao final do mês de fevereiro, a janela...